Podcasts da História

O que era a Carta do Atlântico?

O que era a Carta do Atlântico?

A Carta do Atlântico foi uma declaração conjunta divulgada pelos Estados Unidos e pela Grã-Bretanha em 14 de agosto de 1941, após uma reunião de Winston Churchill e Franklin D. Roosevelt em Terra Nova. A carta continha uma declaração dos objetivos que a Grã-Bretanha e os EUA tinham para o mundo após a Segunda Guerra Mundial.

Objetivos ideais da guerra

A Carta do Atlântico era uma declaração muito importante, pois após a guerra, todos os Aliados concordaram em aderir a ela na Declaração das Nações Unidas. Seus objetivos ideais incluíam que nenhuma mudança territorial deveria ser feita contra a vontade da população local, que aqueles privados de governo autônomo deveriam recuperá-la, que as restrições comerciais deveriam ser reduzidas, melhor cooperação social e econômica global, liberdade dos mares, abandono da violência como solução e desarmante agressores.

Esta carta inspirou muitos acordos internacionais sucessivos e atribuiu à agora independência de muitas colônias européias.

Outros Objetivos da Reunião

Embora o principal objetivo do encontro entre Churchill e Roosevelt fosse redigir a Carta do Atlântico, eles também se reuniram para tentar alcançar outros objetivos. Winston Churchill sentiu que os Aliados realmente precisavam da América para se juntar à guerra e ajudá-los. Roosevelt esperava que, através da reunião, ele pudesse influenciar a opinião pública americana para convencê-los de que os Estados Unidos precisam ingressar na guerra, mas o público permaneceu contra qualquer esforço de guerra até Pearl Harbor. Roosevelt também esperava obter do governo britânico uma afirmação pública de que eles não estavam envolvidos em nenhum tratado territorial secreto.