Podcasts da História

Por que a Liga das Nações falhou?

Por que a Liga das Nações falhou?

Por que a Liga das Nações falhou?

A Liga das Nações foi a primeira organização intergovernamental criada após a Primeira Guerra Mundial, a fim de tentar manter a paz. Infelizmente, a Liga falhou miseravelmente em seu objetivo pretendido: impedir que outra guerra mundial acontecesse (a Segunda Guerra Mundial estourou apenas duas décadas depois). A idéia era que a Liga das Nações evitasse guerras através do desarmamento, segurança coletiva e negociação. Também esteve envolvido em outras questões, como tráfico de drogas, comércio de armas e saúde global. Embora a Liga tenha se dissolvido durante a Segunda Guerra Mundial, ela foi substituída pelas Nações Unidas, que ainda estão fortes hoje.

Fraquezas da Liga das Nações

A Liga das Nações teve várias fraquezas integrais que finalmente levaram ao seu fim.

  • A Liga deveria apresentar o mundo e abranger todos os países, mas muitos países nunca se juntaram à organização, dos quais os EUA eram os mais prevalentes. Alguns membros permaneceram membros por pouco tempo, antes de encerrar sua associação. Muitos historiadores acreditam que, se os Estados Unidos se unissem à Liga, haveria muito mais apoio na prevenção de conflitos. Outras grandes potências, como a Alemanha e a União Soviética, não foram autorizadas a participar.
  • As relações internacionais dos países membros conflitavam com os requisitos da Liga para segurança coletiva.
  • A Liga não tinha suas próprias forças armadas e dependia de membros para agir, mas nenhum dos países membros estava pronto para outra guerra e não queria fornecer apoio militar.
  • O pacifismo era um grande problema: os dois maiores membros da Liga, Grã-Bretanha e França, relutavam muito em recorrer a sanções e ações militares.
  • O desarmamento foi altamente defendido pela Liga, o que significava que privava os países que deveriam agir com força militar em seu nome, quando necessário, dos meios para fazê-lo.
  • Quando os países começaram a atacar outros para tentar expandir, a Liga não tinha poder para detê-los.